Newsletter Maio


Bem-vindos à terceira Newsletter de 2012 da Livraria Dr. Kartoon, referente ao mês de Maio. Quebrando um silêncio de quase três meses, cá estamos de volta, cheios de novidades, num mês em que também a Feira do Livro regressa a Coimbra.

Começando precisamente pela Feira do Livro. Aqui fica a informação de que entre os dias 25 de Maio e 3 de Junho, vamos estar no Parque Verde do Mondego, no stand da Dr. Kartoon, para mais uma Feira do Livro, a primeira organizada directamente pela Câmara Municipal de Coimbra. Assim, durante o período da Feira, apenas estaremos abertos da parte da manhã, mas na altura da Feira do Livro, as alterações ao horário da loja e os horários da Feira serão divulgados no site e no Facebook da Dr. Kartoon.

Quanto às novidades em português, o grande destaque vai para a Devir, que acaba de lançar Inferno, Ida e Volta, o 7º e último volume da série Sin City, de Frank Miller, que finalmente está disponível na íntegra em português, e o 2º volume de Death Note, o viciante mangá de Ohba e Obata, que está a ter um ritmo de publicação sustentado, indispensável a uma série como esta. Também já estão disponíveis as reedições dos dois volumes das aventuras de Dog Mendonça e Pizzaboy, de Filipe Melo e Juan Cavia, com a nova edição do 2º volume a apresentar uma nova impressão que faz justiça ao desenho de Juan Cavia e às cores de Santiago Villa. Aproveitamos também para lembrar que também temos os 4 nºs (4 a 7) da revista Dark Horse Presents com a origem de Dog Mendonça, para quem queira saber mais sobre o maior sucesso da BD portuguesa dos últimos anos.

Em relação às novidades em francês, há sempre muito por onde escolher. Desde o novo Lefranc, L'Eternel Shogun, com os 60 anos do repórter criado por Jacques Martin, a serem assinalados, pela reedição, com novas capas e tiragem limitada, dos primeiros 4 álbuns da série. Chegaram também os dois primeiros volumes da série Zodiaque, um complexo triller escrito por Corbeyran para diferentes desenhadores, os dois volumes de La Douceur de l'Enfer, história que assinala estreia de Grenson (Niklos Koda) na prestigiada colecção Signé da Lombard; o 4º e último volume da série La Licorne, de Mathieu Gabella e Anthony Jean; o excelente Les Amis de Pancho Villa, de Cheminau e Blake, o 4º volume da série Klezmer do incansável Joann Sfar, o 1º volume (de três) de La Bataille, adaptação por Gil e Richaud do romance de Patrick Rambaud sobre a batalha de Essling, vencedor do prémio Goncourt e Magellan, Jusqu'au Bout du Monde, de Clot, Verguet e Orange, que tem como protagonista o navegador português Fernão de Magalhães.

Da Mosquito, que nos tem dado a descobrir os grandes mestres da BD italiana, chegaram Titanic, em que Micheluzzi evoca o famoso naufrágio e Jours Tranquilles à Venise, que assinala o regresso à BD de Bacilieri. Prestes a chegar estão, entre outros, La Douce, a estreia a solo de François Schuiten e Gringos Locos, o polémico relato feito por Yann, da viagem ao México e Estados Unidos de Jijé, Franquin e Morris.
Por último, não podemos deixar de falar também dos integrais, com uma série de propostas imperdíveis, a começar pelo 6º volume de La Dynastie Donald Duck, do Mestre Carl Barks passando pelo 5º volume de Buck Danny, de Charlier e terminando com Total Swarte, uma recolha de TODAS as histórias em BD de Joost Swarte, o famoso ilustrador e arquitecto holandês, criador do termo “Linha clara”.
Também chegaram novidades em espanhol, começando pelo 7º volume de O Império de Trigan de Don Lawrence e pela lendária versão de 1976 do El Eternauta, de Oesterheld e Solano Lopez, escrita já com Oesterheld na clandestinidade. Destaque ainda para Informe sobre los Ciegos, de Alberto Breccia, e para três bons exemplos da pujança da BD espanhola de autor: El Heróe e El Circo del Desaliento, de David Rubín e La Protectora de Keko. E também em Espanha se aposta nas edições integrais, começando pelo mítico Peter Pank de Max, finalmente reeditado e pelas excelentes edições de Mort Cinder de Breccia e Oesterheld e 5 por Infinito de Esteban Maroto.

Em termos de novidades dos comics americanos, o destaque vai para Superior, de Mark Millar e Leinil Yu, The Lovecraft Anthology, coordenada por Dan Lockwood, a belíssima reedição em cores de Courtney Crumrin, de Ted Naifeh e Cleveland, a última novela gráfica de Harvey Pekar, ilustrada por Joseph Remnant, com prefácio de Alan Moore. Alan Moore, de quem chegou também Century: 1969, a nova aventura da League of Extraordinary Gentlemen.
Para os fãs da Marvel, temos Wolverine: the Best there Is, com desenhos espectaculares de Juan José Ryp, Wolverine's Revenge, de Jason Aaron (Scalped) e Renato Guedes, e Here Comes...Daredevil, de Mark Waid e Paolo Rivera, 1º volume da aclamada renovação do Daredevil feita por Waid. Da DC, não faltam bat-novidades, como as edições de luxo de Batman Incorporated, de Grant Morrison, The Dark knight, de David Finch e a recolha de Knightfall, a saga em que Bane é protagonista e que serviu de inspiração ao novo e aguardado filme de David Nolan, The Dark Knight Rises. Na Vertigo, destaque para o 5º volume de The Unwritten, de Mike Carrey e para Cinderella: Fables are Forever, uma história de Chris Roberson e Shaw McManus passada no universo de Fables.

Do país do Sol Nascente também chegaram algumas novidades, a começar pelos dois primeiros volumes da nova série de Naoki Urusawa, Billy Bat, o 2º volume de X, uma das aclamadas série das Clamp, The Book Of Human Insects, do "pai" do mangá Osamu Tezuka e por fim The Monkey King vol. 2, de Katsuya Terada, uma história que teve um hiato de 7 anos e que agora vê lançado o segundo volume desta história épica do macaco que rumou ao oeste.
Também nos jogos há algumas novidades, como por exemplo Summy, um jogo de semelhante ao Scrabble mas com números. Um jogo perfeito para crianças em idade escolar. Também voltamos a ter três grandes sucessos de vendas: Kaleidos, os famosos Dixit e Jungle Speed com as respectivas expsnsões.



Na Livraria, ou na Feira do Livro, cá ficamos à vossa espera!

0 comentários:

Publicar um comentário

top